terça-feira, 23 de julho de 2013

...


Andando nas ruas, vejo borboletas por quase toda parte, contrastando com todo o cinza da cidade. Talvez seja porque gosto daquele colorido, talvez seja por causa do brilho que ofusca os olhos meus. Talvez seja porque estou amando mais, e amando a gente passa a achar mais graça nas coisas. Aquelas borboletas me trazem paz de espírito, e sob as suas asas, equilíbrio. Quando percebo suas asas baterem, meu coração se enche de uma força chamada esperança. As borboletas me ensinaram um pouco sobre a vida e me fizeram refletir sobre as voltas que o mundo dá. Hoje elas voam tão belas, mas já rastejaram. Observando metamorfoses, percebo que posso mais. E podendo mais, não vou me contentar com o que não me faz bem, nem me completa. Acho que tão bonito quanto as borboletas só mesmo o céu estrelado.

(Aline M. Abdalah)

sábado, 6 de julho de 2013

...

E o segredo é sorrir à toa,
por qualquer coisa boa.
Ou então ir adiante
com fé constante!


(Aline M. Abdalah)


Gostou das roupas?!