domingo, 30 de setembro de 2012

...


...

‎"Aprenda a deixar ir, não precisa esquecer, mas, deixe acabar, deixe coisas novas chegarem, saiba esperar por elas e saiba não esperar também... De tanto se perder, uma hora a gente acerta o caminho."


\o/


=)


sábado, 29 de setembro de 2012

...


...


...

Para as coisas importantes, nunca é tarde demais, ou no meu caso, muito cedo, para sermos quem queremos. Não há um limite de tempo, comece quando quiser. Você pode mudar ou não. Não há regras. Espero que você faça o melhor, espero que veja as coisas que a assustam, espero que sinta coisas que nunca sentiu antes, espero que conheça pessoas com diferentes opiniões, espero que viva uma vida da qual se orgulhe. E se você achar que não, espero que tenha a força para começar novamente.

_____ O Curioso Caso de Benjamin Button


...


...


...


sexta-feira, 28 de setembro de 2012

...


...


=)

ATÉ QUE ENFIM, a Mônica se casou com o Cebolinha! =)

Pouco antes de completar 50 anos de brigas em 2013, finalmente saiu o casamento da Mônica com o Cebolinha.

Para a festa, Mônica usa um vestido tomara-que-caia todo bordado com flores ...
tipo bogarim (significa 'amor puro', conta Maurício) e pedras, mais um véu preso com tiara. O noivo vai de terno completo, mas nada clássico - colete cinza sob o paletó azul marinho.

"O vestido foi criado através de uma pesquisa e acabou sendo uma mescla de alguns vestidos de noiva em fotos de revistas", explica Maurício de Sousa sobre o look da noiva e a criacão do guarda-roupa da série Jovem: "o visual da turminha aos 15 anos vai pelo 'street style'. É claro que a partir do casamento, mais velhos, estarão com outro visual. Vamos pesquisar muito para acompanhar a moda."

Cebolinha manteve sua predileção clássica pelo verde na gravata. Mônica, discreta, deixou sua cor preferida nas pedras das joias. Maurício ri: "Pelo menos no casamento, ela abandonou sua predileção pelos vestidos vermelhos!" Mas não largou o Sansão!

No altar, Cascão de padrinho e, entre as madrinhas, a (ex-plus size) Magali. "Ela ficou muito emocionada e feliz, como qualquer madrinha e melhor amiga ficaria!", conta Maurício.

E quem assina o vestido de noiva mais importante dos quadrinhos brasileiros? Estilista nenhum: "foi um dos nossos desenhistas, o Denis. Mas não sem antes passar pela supervisão da diretora de arte do Estúdio, Alice Takeda, que também é minha esposa". Ou seja: tudo em casa, já que Mônica é inspirada na filha do Maurício, que faz mistério: "Quem sabe no futuro teremos outros casamentos na turma?"



...


sábado, 22 de setembro de 2012

Oinnnn, CLARO!!!! =)


Às vezes, é melhor deixar o ♥ falar mais alto...


...


...


...

Quando eu tiver minha filha, vou ensinar a ela que Príncipes Encantados existem sim, mas não como nos livros, como nos contos de fadas. O verdadeiro Príncipe Encantado, na maioria das vezes não tem um cavalo, ou até um carro, mas isso não importa, ele vai até a sua casa a pé, só para te ver. O Príncipe Encantado não precisa ter as melhores roupas, roupas de gala, para ser um príncipe. Ele tem que
tratar uma garota bem, com respeito, sem magoá-la. Vou ensinar a minha filha, que o Príncipe deve ser gentil, e trata-lá com carinho. Que o verdadeiro Príncipe é fiel, não trai, não machuca o coração da princesa. Direi a ela, porém, que encontrar um Príncipe é muito difícil, não irei iludi-la. E se ela perguntar se já conheci um Príncipe, terei a felicidade de dizer que sim, e que ela pode ter orgulho em chamar o meu Príncipe de 'PAI!'.

domingo, 16 de setembro de 2012

...


...


...


...


...


...


...


...


Fiquei até com vontade de ter 4 filhos!


...


...


sábado, 15 de setembro de 2012

...


...


...


...


Sinto uma VERGONHA ALHEIA indescritível..


...

Quando escuto esta música é incrível! Eu me teletransporto para uma época que nem vivi.. Fico me imaginando pulando a janela do quarto para sair escondida dos meus pais, usando um vestido de cintura alta e bem marcada, preto com bolinhas brancas, e fita vermelha enlaçando um rabo de cavalo. Quando de repente, chego em um baile - em pleno anos 60 - e dou de cara com o meu BROTO, que me tira para dançar! (...) Viajo muito, ô músicaaaa!


...


Hahahahahahahaaaa